Conceito Branco – Um Grande Vinho do Douro Superior image L´And Vineyards, um hotel dedicado ao culto do vinho…

Vale dos Ares – Um novo Alvarinho de um novo Produtor!

Texto Olga Cardoso

“Vale dos Ares” é uma marca inspirada no nome do antigo concelho de Valadares = Vale dos Ares. “O antigo concelho de Valadares oficializou a sua existência no ano de 1317, ocupando à data a maior parte da área geográfica da sub-região de Monção e Melgaço. Devido à sua dimensão e capacidade de gerar riqueza, bem como alguma incapacidade dos Reis em controlar a irreverente população, a sua autonomia foi continuadamente adiada desde a fundação de Portugal. É esta vivacidade e entusiasmo da gente de Valadares que pretendemos assumir como os valores da marca “Vale dos Ares”.

Esta marca é titulada pela empresa MQ Vinhos, uma jovem empresa familiar que, nas palavras do produtor – Miguel Queimado – abraçou com toda a paixão o conceito de “boutique winery”, dedicando-se à produção de vinhos DOC. A MQ Vinhos está localizada na Quinta do Mato, precisamente a meio da sub-região de Monção e Melgaço e está na propriedade da família desde 1683.

A responsabilidade enológica está a cargo de uma mulher, Gabriela Albuquerque, sendo o objectivo primordial da equipa produzir um vinho único, feito com toda a atenção e cuidado, com controlo a par e passo de todos os momentos de produção, quer da uva, quer do próprio vinho.

Imbuídos de forte paixão, pretendem apresentar ao mercado um vinho que expresse, de forma perfeitamente clara e evidente, todas as características do seu terroir.

Efectivamente, parece ser este respeito pela singularidade da casta Alvarinho e pelo terroir que lhe serve de berço, que lhes permitiu produzir um vinho que não se limita a ser apenas mais um Alvarinho! Nasceu para ser uma boa referência da “latitude” Monção-Melgaço!

VALE DOS ARES 1

Vale dos Ares Alvarinho 2013 © Blend All About Wine, Lda.

Só provei a colheita de 2013. Ainda assim, poderei afirmar que se trata de uma estreia do produtor, uma vez que este vinho saiu para o mercado com a colheita de 2012.

Com um perfil bastante aromático, mas sem máscaras ou excessivas exuberâncias, mostra-se muito fresco e com uma acidez bem controlada. Apesar dos seus toques tropicais, com o maracujá e o ananás em perfeita evidência, sobretudo no seu ataque inicial, a verdade é que com o decorrer da prova, são as suas notas cítricas e minerais que se fazem mais sentir.

Elegante, equilibrado e com notável estrutura de boca, afigura-se o companheiro ideal para mariscos e peixes grelhados. Termina de forma séria, focada e harmoniosa. Não existe historial para que lhe possamos aferir uma adequada longevidade, mas poderei vaticinar-lhe uma complexante evolução em garrafa entre os 3 e os 5 anos, desde que devidamente acondicionado para o efeito.

Um curioso Alvarinho, que nos deixa a curiosidade para o seguir bem de perto!

Contactos
MQ Vinhos, Unipessoal Lda
Quinta do Mato, sn, Lugar do Mato
4950-740 Sá-MNC
Tel: (+351) 251 531 775
Telemóvel: (+351) 934 459 171
Email: info@mqvinhos.pt
Site: mqvinhos

Partilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
LINKEDIN
About Olga Cardoso

Leave a Reply

Your email address will not be published.