Uma Tarde em Camarate com Domingos Soares Franco Da escrita ao Vinho: Parte 3 – Os Vinhos de Tiago Teles

BARBEITO – A Hora das Malvasias

Texto Olga Cardoso

Falar de vinhos Barbeito é falar, em primeiro lugar, de tradição com paixão. Tudo começou em 1946 com Mário Barbeito Vasconcelos, numa altura em que existiam mais de 30 produtores e exportadores de vinhos Madeira. Hoje em dia existem apenas sete.

Em 1985, com o falecimento de Mário Barbeito, foi a sua filha Manuela Vasconcelos, quem assumiu a gestão da empresa, tornando-se na primeira mulher a exercer a actividade de exportação de vinhos Madeira. Em 1991, Manuela passou o testemunho ao seu filho, Ricardo Diogo Freitas. Apesar de manter o respeito por métodos tradicionais, Ricardo trouxe uma nova energia e espírito de inovação aos Vinhos Barbeito.

Gosto do seu atrevimento e da forma “rebelde” como encara a produção dos Madeira. Marcou a diferença ao lançar vinhos únicos, de cascos únicos e vinhas únicas. Para além disso, foi também um dos primeiros a valorizar a Tinta Negra (casta que não faz parte das chamadas castas nobres), através do envelhecimento da mesma no tradicional método de canteiro.

BARBEITO_blend_all_about_wine

Diploma – © Blend All About Wine, Lda | Todos os Direitos Reservados

Eu costumo chamar-lhe o Dirk Niepoort da Madeira. E é disto que o país precisa. Pessoas que pensem fora da caixa e que elevem o nome de Portugal e dos vinhos Portugueses.

Produzir vinhos e vendê-los nos mercados internacionais é hoje muito distinto do que era há 30 anos atrás. Competimos com grandes marcas e grandes países produtores. Por essa razão, impõe-se pensar diferente, fazer diferente e ser diferente! Somos muito pequenos, nunca poderemos competir em volume, mas poderemos competir em qualidade e singularidade.

Singularidade é coisa que não falta aos vinhos Madeira. São vinhos emocionais, vinhos intelectuais que contam com o tempo e a mestria de quem os faz…vinhos que envelhecem suavemente e para os quais o tempo é um factor de qualidade e distinção!

A Barbeito produz excelentes vinhos provenientes das diferentes castas Madeirenses, mas é de Malvasias que irei agora falar, até porque esta casta tem uma relação intrínseca com este produtor, quanto mais não seja por ser a casta preferida de Manuela Vasconcelos.

MALVASIA 2002 – Casco Único 260 D + E
Este vinho foi envelhecido em cascos de carvalho francês segundo o método tradicional de Canteiro. Nos seus aromas primários predominam o pêssego e as nectarinas. Mas são o caramelo e os frutos secos que se fazem mais sentir. Senti ainda algum caule e vegetal. A boca é densa e volumosa, doce como é típico de um Malvasia, mas anda assim, pareceu-me mais seco que a maioria dos Malvasias existente no mercado. Boa concentração, com notas de figos e casca de laranja. Elegante e com notável acidez, deverá ser servido e desfrutado a uma temperatura entre os 12 e os 14 graus.

BARBEITO_blend_all_about_wine1

Malvasia (Single Cask) – © Blend All About Wine, Lda | Todos os Direitos Reservados

MALVASIA 20 YEARS – Lote 14050
Pareceu-me um vinho muito moderado no nariz. Fino e delicado. Elegante e com grande chame. Cativa pela contenção olfactiva que depois explode em enormes sensações no palato. Na boca é pungente, profundo e poderoso. É aqui que ele mostra toda a sua raça.

Imagino que seja um grande desafio para o produtor fazer um vinho destes. Quase feito a metro e esquadro. Tudo muito bem pensado e executado. A mestria da mão humana faz-se bem sentir aqui.

Foram produzidas apenas 1020 garrafas e quem tiver a oportunidade de o comprar, dará certamente o seu dinheiro por bem empregue. Apesar de poderoso, consegue ser também fino e bem cuidado. O seu final de boca revela toda a sua finura, acidez complexante e enorme persistência.

BARBEITO_blend_all_about_wine2

Malvasia 14050 – © Blend All About Wine, Lda | Todos os Direitos Reservados

MÃE MANUELA – 40 Years
E eis que chegamos ao crème de la crème das Malvasias! Uma forma de terminar um artigo em apoteose! Sendo a Malvasia a casta preferida de Manuela Vasconcelos, Ricardo Diogo, resolveu fazer um tributo à sua mãe, engarrafando 1050 garrafas deste precioso vinho feito a partir de uma mistura de Malvasias com 40 anos e alguns vinhos mais velhos da colecção privada da família.

Com evidentes aromas a frutos secos e caramelo, são ainda percetíveis as suas notas de frutos cítricos e casca de laranja. Quase tudo é possível detectar-se neste vinho tal a sua complexidade. Figos secos, folha de tabaco e toques de madeira velha, são também bastante notórios.

Este vinho já mereceu enormes elogios por parte da imprensa especializada, nacional e internacional, e é muito fácil perceber a razão. Nobre, estruturado e elegante, mostra uma boca apaixonante, com uma acidez picante e um final muito focado…quase interminável!

Existem vinhos de antologia??? Então este é um deles…!!!

BARBEITO_blend_all_about_wine3

Mãe Manuela © Blend All About Wine, Lda | Todos os Direitos Reservados

Veja aqui e aqui a opinião da Sarah Ahmed – The Wine Detective. 

Contactos:
Barbeito Wines
Estrada da Ribeira Garcia
Parque Empresarial de Câmara de Lobos – Lote 8
9300-324 Câmara de Lobos – Madeira – Portugal
Telefone: 00 351 291 765 832
Email: info@vinhosbarbeito.com.pt
Site: http://www.vinhosbarbeito.com

Partilhe:
Follow by Email
Facebook
Twitter
LINKEDIN
About Olga Cardoso

Leave a Reply

Your email address will not be published.