Posts Tagged : Alentejo

O Sossego da Herdade do Peso

Texto João Pedro de Carvalho

Situada no Baixo Alentejo, em plena Vidigueira, a Herdade do Peso acaba de colocar no mercado as últimas novidades, de nome Sossego, que se apresentam no formato branco, rosado e tinto. Surgem assim, na Herdade do Peso, os novos vinhos que se situam no patamar imediato ao Vinha do Monte, como vinhos indicados para um consumo mais casual e diário, com uma qualidade interessante para o objectivo pretendido. E é neste sossego por mim tão desejado e que me tem mantido nestes últimos dias bem afastado do reboliço da cidade, que me vou deixando deliciar pelos aromas e sabores dos vinhos que me vão passando pelo copo.

blend_all_about_wine_paisagem_herdade_do_peso herdade do peso O Sossego da Herdade do Peso blend all about wine paisagem herdade do peso

Vinhas – Foto da Herdade do Peso | Todos os Direitos Reservados

Neste caso é a franqueza de aromas que os domina por inteiro, a frescura em conjunto sempre bem afinado, mostra-se ao lado da fruta (madura e fresca) de intensidade mediana tal como se mostram a nível de corpo. E mesmo neste sossego deseja-se e procura-se alguma irreverência ou mesmo aquele algo mais que faça despontar o interesse naquilo que temos pela frente. Apetecia pois um pouco mais, mas talvez isso fosse pedir o que não se pode dar, ou o que não faz parte da estratégia delineada. Resta-nos, pois, em sossego apreciar estas novas referências:

Sossego branco 2015: num lote tipicamente alentejano com 75% Antão Vaz, 20% Arinto e 5% Roupeiro, fruta fresca e madura de bom nível com exuberância de bom tom, ligeiro floral a fechar o conjunto, algo discreto com boa secura no fundo, mas pronto para a mesa.

Sossego Rosé 2015: feito exclusivamente de Touriga Nacional, bonito na cor e na candura dos aromas, frescos, ligeiros e apelativos, sendo direto na forma como se faz mostrar. Presença mediana no palato sendo a fruta novamente protagonista, calmo, sereno, ligeira secura de fundo num perfil que agrada.

blend_all_about_wine_vinhos_herdade_do_peso herdade do peso O Sossego da Herdade do Peso Blend all about wine vinhos Herdade do Peso

Vinhos – Foto de Herdade do Peso | Todos os Direitos Reservados

Sossego tinto 2014: criado a partir de um lote de 75% Aragonez, 15% Syrah, 10% Touriga Nacional, com direito a estágio de 6 meses em barrica usada. Muita fruta madura em tom silvestre (amora, framboesa) com o aconchego da barrica, elegância num todo harmonioso. Boca num misto de fruta e frescura, corpo mediano com boa presença.

Esporão, Um Clássico do Alentejo

Texto José Silva

É uma das maiores propriedades do Alentejo, com os seus 1.800 hectares de terreno, 450 dos quais ocupados por vinhas em plena produção e outros 80 com olival a produzir um óptimo azeite.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Restaurant Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Restaurant

O restaurante – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Blend-All-About-Wine-Esporao-Wine-Shop Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Wine Shop

Wine Shop – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Se a isto juntarmos uma adega muito bem projectada e inserida na paisagem rural, um restaurante a servir comida excelente, uma loja com grande variedade de ofertas e uma mancha de água que ajudou a moldar a paisagem, pare além de abastecer água a todo o   complexo, então temos um dos poucos locais de enoturismo no Alentejo onde passar apenas um dia pode saber a pouco.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Vineyards Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Vineyards

Vinhas – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Mas é a produção vinícola que mais chama a tenção, não só pela paisagem arrebatadora dos vinhedos a perder de vista, numa continuidade fora do vulgar, mas também pela qualidade e cuidado que põem em tudo o que ali fazem. E, claro, os vinhos, de vários patamares, mas onde a qualidade é uma constante e uma quase obcessão. Numa equipa liderada por um enólogo veterano que, embora oriundo da longínqua Austrália, já é bem português e que recentemente até se naturalizou em terras lusas. David Baverstock não esconde a sua paixão pelo que faz e que faz tão bem, mas é muito bem secundado por uma equipa de viticultura e enologia liderada por Luís Patrão. Os resultados, esses estão à vista, em cada nova colheita.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Corropio Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Corropio

Casta Corropio – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Blend-All-About-Wine-Esporao-Molinha-Macia Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Molinha Macia

Casta Molinha Macia – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Na viticultura tem natural destaque o campo ampelográfico que mantêm, com 188 castas portuguesas mas também de vários sítios do mundo, onde se tenta preservar muito do que é nosso e analisar a sua evolução e potencial. Castas com nomes estranhos como Tinta Pomar, Molinha Macia, Malvasia Cândida, Corropio, Uva Salsa, Tinta do Bragão, Arinto do Interior, Larião, Amor-não-me-deixes, Carrasquenho e muitas outras, ali estão a dar o seu melhor. Mas é nas castas mais tradicionais portuguesas (Alicante Bouschet, Aragonês, Touriga Nacional,Verdelho, Antão Vaz, Arinto, Roupeiro, Gouveio) e algumas estrangeiras (Syrah, Petit Verdot, Semillon) que vão buscar as bases para os seus vinhos mais emblemáticos.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Winery Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Winery

Adega Moderna – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Blend-All-About-Wine-Esporao-New-Technical-Features Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao New Technical Features

Novas Soluções Técnicas – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Algumas destas uvas são depois trabalhadas numa adega moderna recentemente actualizada, com novas soluções técnicas também.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Casks Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Casks

Barricas – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

E depois vão descansar naquela cave de barricas enorme, incrível.

Na recente visita provaram-se alguns deles e confirmou-se novamente o seu potencial.

Blend-All-About-Wine-Esporao-branco-Duas-Castas-2013 Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao branco Duas Castas 2013

Duas Castas branco 2013 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

O branco Duas Castas 2013, a partir do Gouveio e do Antão Vaz, apresentou-se muito límpido, com aromas vegetais ligeiros, muito cítrico, delicado. Na boca tem bastante frescura, é intenso e persistente, notas frutadas e alguma mineralidade, um vinho cheio de juventude.

O Private Selection Branco também de 2013 é um vinho completamente diferente. Um vinho moderno e sedutor, fermentado em madeira, o que se nota logo no nariz, algo exótico, cheio de elegancia, alguma fruta branca e notas de fumo, levemente tostado. Na boca é gordo, cheio, notas amanteigadas, algum chocolate muito suave, um vinho cheio de harmonia.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Reserva-2013 Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Reserva 2013

Reserva 2013 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Ainda nos brancos passamos ao Reserva 2013, um vinho clássico, também fermentado em madeira, apresenta-se muito límpido, com alguma intensidade de fruta, entre citrinos e frutos brancos e notas muito ligeiras de fumo. Na boca é cheio, volumoso, fruta branca muito madura, acidez equilibrada e alguma frescura a combinar com a mineralidade persistente.

O Private Selection Tinto de 2011 revela todo o potencial dum ano extraordinário. Aromas complexos de especiarias, alguns frutos vermelhos, notas de chocolate e tabaco muito suaves. Na boca é austero, cheio, com notas de cacau e café, intenso, boa acidez e final longo e saboroso.

Blend-All-About-Wine-Esporao-branco-Quatro-Castas-2013 Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao branco Quatro Castas 2013

Quatro Castas tinto 2013 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Passamos ao Quatro Castas Tinto de 2013, com algum floral no nariz, associado a frutos vermelhos e notas apimentadas bem divertidas. Na boca é volumoso, com óptima acidez, alguma complexidade, muito elegante com final médio bem interessante.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Reserva-red-2012 Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Reserva red 2012

Reserva tinto 2012 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Finalizamos com um clássico, o Reserva Tinto de 2012. Um vinho com um nariz exuberante, com presença de frutos silvestres, algum fumo, apimentado, elegante.

Na boca é ao mesmo tempo elegante e austero, cheio de corpo, ligeiramente tostado, frutos pretos, boa acidez a dar-lhe equilíbrio e provávelmente grande longevidade. Belo vinho.

Já na saída da herdade, a paragem obrigatória na Torre do Esporão, mandada construir entre 1457 e 1490 por Álvaro Mendes de Vasconcelos. Foi recuperada em 2003 e hoje alberga um museu arqueológico onde estão peças valiosas recolhidas no Esporão e nos Perdigões.

Blend-All-About-Wine-Esporao-Arch Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Arch

Arco do Esporão – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Blend-All-About-Wine-Esporao-Chapel-of-Nossa-Senhora-dos-Remédios Esporão, Um Clássico do Alentejo Esporão, Um Clássico do Alentejo Blend All About Wine Esporao Chapel of Nossa Senhora dos Rem  dios

Ermida de Nossa Senhora dos Remédios – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Ao lado da torre está o Arco do Esporão e a Ermida de Nossa Senhora dos Remédios, que também fazem parte da história desta propriedade, cuja origem se perde no tempo…

Contactos
Herdade do Esporão Enoturism
Herdade do Esporão
Apartado 31
7200-999
Reguengos de Monsaraz
Tel: (+351) 266 509280
Fax: (+351) 266 519753
E-mail:reservations@esporao.com
Website: esporao.com

Santa Vitória

Texto José Silva

É no sul do Alentejo, muito perto da aldeia de Albernoa que situa este produtor de vinhos. Pertence ao grupo hoteleiro Vila Galé, que aliás tem um dos seus hotéis mesmo em frente à adega.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-1 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 1

Um dos hotéis – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Uma unidade muito especial, pois está num meio puramente rural e tem condições especiais para os pais levarem as crianças, que se divertem imenso.

No restaurante do hotel pratica-se uma cozinha de raiz alentejana, com óptimos produtos e, claro, os vinhos de Santa Vitória. Recentemente, à volta dos vinhedos, foram plantadas muitas centenas de árvores de fruto, sobretudo de pêra rocha e pêssego.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-2 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 2

Centenas de árvores de fruto – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-3 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 3

As vinhas – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

As vinhas continuam a evoluir e têm sido aumentadas, com a utilização de várias castas nacionais e francesas, que ali se dão muito bem: nas brancas Verdejo, Sauvignon Blanc, Viozinho, Antão Vaz, Arinto, Chardonnay. Nas castas tintas encontramos Touriga Nacional, Trincadeira, Aragonês, Cabernet Sauvignon, Syrah, Merlot, Alfrocheiro, Tinta Caiada, Alicante Bouschet e Baga.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-4 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 4

Adega muito bem apetrechada – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Uma adega muito bem apetrechada, recorrendo a toda a tecnologia disponível no mercado, sobretudo o frio que permite elaborar vinhos frescos e elegantes, como o mercado actual exige e ali se sabe fazer.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-51 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 51

Grande capacidade de armazenamento © Blend All About Wine, Lda

E uma grande capaciade de armazenagem de vinho, em condições óptimas, permitindo um manuseamento fácil com toda a segurança. A equipa técnica é constituida pelo viticultor José Samarra com a enologia está a cargo da Patrícia Peixoto, enóloga residente e o Bernardo Cabral, que ali está desde o início, a fazerem um excelente trabalho, bem reconhecido nos mercados nacional e internacional.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-6 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 6

Grande Variedade de Vinhos – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Há uma grande variedade de vinhos, desde os vinhos de entrada, mais simples mas nem por isso menos bons, passando por alguns vinhos duma casta só, brancos, rosés e tintos e a curiosidade de alguns deles oferecerem ainda a possibilidade das meias garrafas (0,375l). Depois, alguns vinhos mais elaborados, de qualidade superior e já amplamente premiados. E também a produção de azeite alentejano de enorme qualidade, com grande sucesso.

As instalações são muito acolhedoras e podem ser visitadas e os vinhos provados, num desenvolvimento de enoturismo que se recomenda que termine no restaurante do hotel, à volta de harmonizações entre comida e os vinhos. E foi no restaurante do hotel que nos sentamos para uma refeição em que se provou a excelência da comida, alguns dos vinhos da casa e as suas ligações, sempre fascinantes, sempre uma descoberta.

Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 7

Pão Alentejano – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 8

Azeitonas Britadas – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Não faltou à mesa o pão alentejano, provocador, e umas azeitonas britadas que não paramos de comer e, claro, o azeitinho para molhar o pão.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-9 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 9

Santa Vitória branco 2014 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

O Santa Vitória Branco 2014 apresentou-se cheio de frescura e com acidez muito equilibrada, bastante frutado, um vinho jovem que já se bebe muito bem.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-101 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 101

Ovos mexidos com espargos © Blend All About Wine, Lda

Vieram então uns ovos mexidos com espargos, que é tempo deles, muito bem confeccionados, no ponto, não sobrou nada!

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-11 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 11

Santa Vitória Grande Reserva branco 2012 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Passamos então para o Santa Vitória Grande Reserva Branco 2012, um vinho mais sério, com um toque delicioso de madeira, ainda com alguma frescura, com nuances de fumo, de fruta branca, muito bom.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-121 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 121

Secretos de Porco Preto Grelhados © Blend All About Wine, Lda

O prato proposto foram os secretos de porco preto grelhados, com batata frita às rodelas estaladiças, espinafres salteados e rodelas de laranja, saborosos, tenros, apaladados.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-13 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 13

Santa Vitória Grande Reserva tinto 2012 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Passamos então para o Santa Vitória Grande Reserva Tinto 2012, um vinho muito elegante, redondo, cheio de corpo, muitos frutos vermelhos, especiarias, a fazer grande companhia à carne de porco.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-14 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 14

Requeijão com doce de abóbora – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Na hora da sobremesa optou-se por um requeijão fantástico, com doce de abóbora, de textura perfeita, a desfazer-se na boca.

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-15 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 15

Santa Vitória Alicante Bouschet tinto 2012 – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

E resolvemos acompanhar com um grande tinto feito apenas da casta Alicante Bouschet, também da colheita de 2012. Escuro, poderoso, aromas vegetais de pimentos verdes muito elegantes, cheio na boca, frutos pretos, fumo, ligeiramente apimentado, a contrastar muito bem com o requeijão. Uma bela experiência!

Blend-All-About-Wine-Santa-Vitoria-16 Santa Vitória Santa Vitória Blend All About Wine Santa Vitoria 16

Vinhas – Foto de José Silva | Todos os Direitos Reservados

Lá fora, as vinhas esperavam-nos para um grande passeio…

Contactos
Casa de Santa Vitória Sociedade Agro-Industrial, SA
Herdade da Malhada
7800 – 730 Santa Vitória
Tel: (+351) 284 970 170
Fax: (+351) 284 970 175
Email: info@santavitoria.pt
Website: www.santavitoria.pt

A aventura vai começar

Texto Ilkka Sirén | Tradução Patrícia Leite

Vou ser muito honesto. Não tenho sido um grande fã do Alentejo como região vitivinícola. Sei que isso pode aborrecer algumas pessoas mas é a verdade. Eu não tenho nada contra o Alentejo, mas tenho andado sempre mais à volta das regiões do Norte de Portugal, como Bairrada, Dão, Douro e Vinho Verde. Isto acontece apenas porque, quando viajo para Portugal, normalmente apanho o avião para o Porto, de onde podemos ir até estas maravilhosas regiões do vinho de forma bastante rápida.

O Alentejo é um pouco mais distante e normalmente não tempo para me aventurar tão longe para sul. Por esse motivo, demorei algum tempo a ir conhecer a região, mas no ano passado isso finalmente aconteceu. E tudo o que posso dizer é, UAU! O Alentejo é mais do que bonito. Como poderemos não gostar das incríveis paisagens, dos azeites, dos sobreiros e do tempo quente. Já para não falar da terra de uma das “coisas vivas” mais deliciosas do planeta, o Porco Preto Ibérico. Por isso, se gostar de bastante sol e boa comida, então deverá definitivamente visitar o Alentejo.

Blend-All-About-Wine-Let-the-Adventure-Begin-Aventura-2012 aventura A aventura vai começar Blend All About Wine Let the Adventure Begin Aventura 2012

Aventura ‘2012/Susana Esteban e Saca-Rolhas – Foto de Ilkka Sirén | Todos os Direitos Reservados

Os vinhos são diversificados, tanto no estilo como na qualidade. Poderá encontrar alguns vinhos incríveis no Alentejo, mas provavelmente irá ter também umas quantas decepções. Mas para apreciar e entender plenamente estes vinhos, temos mesmo de visitar a região e eu mal posso esperar por lá voltar para descobrir o que mais esta região tem para oferecer.

A enóloga Susana Esteban andou durante dois anos à procura de vinhas no Alentejo antes de encontrar duas parcelas, cada uma com uma personalidade própria, a partir das quais começou o que parece ser um projecto muito promissor. Frescura não é a primeira palavra que me vem à cabeça quando penso em vinho Alentejano, mas de alguma forma a Susana conseguiu fazer dois vinhos equipados com uma frescura invulgar, que faz “saltar” a fruta vibrante como uma coelhinha da Playboy de um grande bolo. Não digo que estes sejam os dois vinhos mais excitantes do mundo, mas são uma lufada de ar fresco, muito bem-vinda, que irá contribuir para aumentar a já versátil gama de vinhos do Alentejo.

Blend-All-About-Wine-Let-the-Adventure-Begin-Cork aventura A aventura vai começar Blend All About Wine Let the Adventure Begin Cork

Aventura ‘2012/Susana Esteban e Saca-Rolhas – Foto de Ilkka Sirén | Todos os Direitos Reservados

Aventura 2012 / Susana Esteban Vinho Regional Alentejano

Se juntar um punhado de umas lindas flores roubadas do bouquet do casamento do seu melhor amigo com uma pitada de pimenta preta e alcaçuz e depois esfregar esta combinação nas mãos, ela cheiraria exactamente como este vinho. Bem, é provável que o aroma não seria exactamente o mesmo mas muito próximo. Este vinho faz-me lembrar um Zweigelt apimentado da Áustria que uma vez provei.
Simples e directo, jovem, sem madeira com um final de mirtilos (não, eu não inventei isto). Com “apenas” 13,5%, o que é bastante moderado para o Alentejo, e com alguma acidez vigorosa, este vinho tem alguma capacidade de ser bebido mais tarde. Uma bebida agradável para nós que gostamos de embarcar em aventuras vínicas.

Blend-All-About-Wine-Let-the-Adventure-Begin-Procura-2011 aventura A aventura vai começar Blend All About Wine Let the Adventure Begin Procura 2011

Procura ‘2011 – Foto de Ilkka Sirén | Todos os Direitos Reservados

Procura 2011 Vinho Regional Alentejano

Este vinho peculiar foi o primeiro deste projecto. É um lote de Alicante Bouschet duma vinha perto de Évora com várias castas (“sabe-se-lá-quais”) de uma vinha mais velha e fresca em Portalegre. O vinho começa bastante intenso, porém delicado. Poderia até ser mais intenso se não fosse a forte acidez a mantê-lo controlado. Embora o nome do vinho seja Procura, por mais que eu procurasse não consegui nele detectar o álcool relativamente elevado. Com 14,5%, este vinho é equilibrado e tem um agradável sabor vibrante a fruta.

(Não sou um grande utilizador de decanters, mas se o for, pode querer experimentar decantar para ver se o vinho suaviza um pouco).

Contactos
Susana Esteban
Sede – Av. António Augusto Aguiar, Nº 100, 4º Esq. / 1050-019 Lisboa
Adega – Quinta Seca da Boavista / 7490-311 Mora
E-mail: susana@susanaesteban.com
Site: www.susanaesteban.com